Plano de Aula

Prof. Dr. Liráucio Girardi Júnior


AULA 1 : TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E SOCIEDADE


Texto-base

GIRARDI Jr, Liráucio. O estranho mundo da informação – e da materialidade – no campo da comunicação. Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação | E-compós, Brasília, v.20, n.1, pp. 1-18, jan./abr. 2017.

Texto complementar

BUCHER, Taina. ‘Machines don’t have instincts’: Articulating the computational in journalism, New Media & Society. Volume: 19 issue: 6,  p. 918-933, 2016

KIM, Joon Ho. Cibernética, ciborgues e ciberespaço: notas sobre as origens da cibernética e sua reinvenção cultural. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 10, n. 21, p. 199-219, jan./jun. 2004

 

+ REFERÊNCIAS


AULA 2: CIBERCULTURA E ÉTICA HACKER


Texto base

SILVEIRA, Sérgio Amadeu da. Ciberativismo, cultura hacker e o individualismo colaborativo. REVISTA USP, São Paulo, n.86, p. 28-39, junho/agosto 2010

Texto Complementar

FOLETTO, Leonardo F. “Hackear” o Jornalismo: pistas para entender o jornalismo no século XXI. Leituras do Jornalismo. Ano 1 n.2, 2014 pp. 67-84

PALÁCIOS, Marcos. Fazendo Jornalismo em Redes Híbridas: Notas para discussão da Internet enquanto suporte mediático. Artigo produzido para discussão na Lista JnCultural, em fevereiro de 2003


AULA 3 : DIMENSÕES POLÍTICAS DA REDE


Texto-Base

SILVEIRA, Sérgio Amadeu.  Novas dimensões da política: protocolos e códigos na esfera pública interconectada. Revista de Sociologia e Política vol.17 no.34 Curitiba out. 2009

BRAMBILLA, Ana Maria. A reconfiguração do jornalismo através do modelo open source. Sessões do imaginário, LIMC, 2005.

Texto complementar:

MANOTTI, Gabriel. Filmes executáveis: da existência e propriedade das  imagens em rede. Matrizes. São Paulo, V.9 – Nº 1 jan./jun.2015 p. 243-263

+ REFERÊNCIAS


AULA 4: SEMINÁRIOS TEMÁTICOS

Escolha de reportagens e casos sobre os três temas encontrados em “+ referências”.

 


AULA 5: ECONOMIA DA INFORMAÇÃO, P2P E O OPEN KNOWLEDGE


Texto-Base

BAWENS, Michel. Economia Política da Produção entre os pares. s/d

Texto Complementar:

HOEM, Jon. Oppeness in Communication. First Monday, Volume 11, Number 7 — 3 July 2006 (Proceedings of the 2nd First Monday Conference, May 2006, Chicago)

SATURNINO, Rodrigo. A POLÍTICA DOS PIRATAS: INFORMAÇÃO, CULTURAS DIGITAIS E IDENTIDADES POLÍTICAS Covilhã: LABCOM.IFP – Universidade da Beira Interior, 2016

+ REFERÊNCIAS


AULA 6 : O JORNALISMO, CULTURA DO REMIX E DOS MEMES


Texto-Base

ZAGO, Gabriela da Silva. A recirculação do acontecimento jornalístico em imagens remixadas: Cibercultura e apropriações. Rizoma, Santa Cruz do Sul, v. 1, n. 1, p. 85, julho, 2013

Texto Complementar

GLEIK, James. Gleick, James. A informação : Uma história, uma teoria, uma enxurrada São Paulo : Companhia das Letras, 2013. Cap. Um mergulho no caldo dos memes.
TAY, G. (2014). Binders full of LOLitics: Political humour, internet memes, and play in the 2012 US Presidential Election (and beyond). European Journal of Humour Research, 2(4), 46-73.

+ REFERÊNCIAS


 AULA 7: ECONOMIA DA ATENÇÃO, FILTROS E CURADORIA


Texto-Base

BRUNS, Axel. Gatekeeping, Gatewatching, Realimentação em Tempo Real: novos desafios para o Jornalismo BRAZILIAN JOURNALISM RESEARCH – Volume 7 – Número 1 – 2011

Texto do Seminário:

BALDI, Vania. Dataísmo: contra um saber sem conhecimento. In: BORGES, Jussara, BARREIRA, Maria I.J.S., CUNHA, Francisco J.A.P. (orgs). Mundo Digital: uma sociedade sem fronteiras? JOão Pessoa ; Idea, 2014

CORREA, Elizabeth Saad (org.). Curadoria Digital e o campo da comunicação (ISSUU)

SANTAELLA, Lucia. Ecologia Pluralista da Comunicação. S.Paulo: Paulus, 2010 (A Nova Economia da Atenção)

+ REFERÊNCIAS


AULA 8: SEMINÁRIOS TEMÁTICOS

Escolha de reportagens e casos sobre os três temas encontrados em “+ referências”.

 


AULA 09 : SOFTWARE STUDIES E O JORNALISMO COMO PLATAFORMA


 

MANOVICH, Lev. Novas mídias como tecnologia e ideia: dez definições. In: LEÃO, Lucia. O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Ed. SENAC, 2005.

Texto do Seminário:

JENSEN, Klaus Brühn. Como fazer coisas com os dados: metadados, metamídia e metacomunicação. PARÁGRAFO. JAN./JUN.2015 V. 1, N. 3 (2015)

ALBUQUERQUE, Afonso de. Os desafios Epistemológicos da Comunicação mediada por computador. Revista Fronteiras, v. IV n.2, dez de 2002.


AULA 10: A CULTURA DO ALGORITMO


Texto-Base

RAMOS, Daniela Osvald. A influência do algoritmo. Revista Communicare. Volume 17 – Edição especial de 70 anos da Faculdade Cásper Líbero

Texto Complementar

GILLESPIE, Tarleton. Politics of “Plataforms”. New Media & Society, 2010

SILVEIRA, Sérgio Amadeu. O governo dos algoritmos. Revista de Políticas Públicas v.21 n. 1 p267-281, 2016

“weapons of math destruction”

(Cathy O’Neil)

 

+ REFERÊNCIAS


 AULA 11 : MÍDIAS LOCATIVAS e TERRITÓRIOS INFORMACIONAIS


Texto Base

LEMOS, André. Mídia Locativa e Territórios Informacionais.  In: “Estéticas ARANTES, Priscila; SANTAELLA, Lúcia (orgs.) São Paulo: Ed. PUC/SP, 2007.

Texto Complementar

SANTAELLA, Lucia. Ecologia Pluralista das Mídias Locativas. Revista FAMECOS , Porto Alegre no 37, dezembro de 2008

Silva, Fernando Firmino da Jornalismo móvel  Salvador : EDUFBA, 2015. 53 p. – (Coleção Cibercultura / Lab404)


AULA 12 : SEMINÁRIOS TEMÁTICOS

Escolha de reportagens e casos sobre os três temas encontrados em “+ referências”.

 


AULA 13 : DINÂMICAS DE REDE e “INTELIGÊNCIA COLETIVA”

Texto Base 

COSTA, Rogério da. Inteligência Afluente e Ação Coletiva. Mexico. Razón Y Palabra, n.41, octubre-noviembre, 2004 (acessado em 28.06.2013)

Texto Complementar

KARHAWI, Issaaf. Influenciadores digitais: conceitos e práticas em discussão. Revista Communicare. Volume 17 – Edição especial de 70 anos da Faculdade Cásper Líbero

PRIMO, Alex. Industrialização da amizade e a economia do curtir : estratégias de monetização em sites de redes sociais In: OLIVERIA, Lídia, BALDI, Vania  (Orgs.). A Insustentável leveza da web : retóricas, dissonâncias e práticas na sociedade em rede – Salvador, BA : EDUFBA, 2014.

 

+ REFERÊNCIAS


 AULA 14: ESFERAS PÚBLICAS, TRANSPARÊNCIA E VIGILÂNCIA


Texto-Base

MAIA, Rousiley. Democracia e Internet como esfera pública virtual. MOTTA, Luiz Gonzaga (org.). Estratégias e culturas da comunicação. Brasília: UnB, 2002.

Texto Complementar

BRUNO, Fernanda. Monitoramento, classificação e controle nos dispositivos de vigilância digital. Revista FAMECOS Porto Alegre nº 36 agosto de 2008

PASQUALE, Frank. A Esfera pública automatizada: The Automated Public Sphere. Líbero. ANO XX – No 39 JAN. / AGO. 201

SILVA, Daniela. Transparência na esfera pública interconectada e dados governamentais abertos. 1a ed. – São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil : Maracá – Educação e Tecnologias, 2010.

 


AULA 15: ENCERRAMENTO E AVALIAÇÃO DA EXPERIÊNCIA

Produção de uma “mapa mental” dos temas abordados e avaliação da dinâmica do curso.